Princesas nada encantadas

http://revistacasaejardim.globo.com/Revista/Common/1,,EMI285328-17699,00.html?preview=S

Artista mexicano desconstrói personagens de contos de fadas, retratando-os em situações inesperadas

Por Casa e Jardim Online

E se a Branca de Neve vivesse um romance com a Cinderela? E se o Pinóquio fosse usuário de drogas? E se Jessica Rabbit injetasse botox nos lábios? As trágicas situações não combinam nem um pouco com a leveza dos contos de Walt Disney, mas foi assim que o mexicano Rodolfo Loaiza retratou os personagens. As telas, exibidas na galeria La Luz de Jesus, em Los Angeles, são uma espécie de crítica. Para o artista, as pessoas costumam absorver as narrativas e permitir que os elementos do imaginário se tornem realidade. Então, o caminho inverso não deveria causar espanto: a perversidade do mundo também poderia afetar a fantasia. O resultado são imagens que fogem do famoso “politicamente correto”.

Nas obras, Rodolfo aborda temas como homossexualismo, obesidade, o culto ao corpo, o suicídio e o vício em álcool e drogas. A perfeição de príncipes, princesas e até de animaizinhos e seres encantados se transforma em trágicas imagens de anti-heróis. A conclusão? Nem sempre o final é feliz. Veja alguns exemplos do trabalho do artista nas fotos abaixo:

Rodolfo Loaiza

Rodolfo Loaiza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

(Spamcheck Enabled)