A MULHER E A IGREJA

 

http://guy-debord.blogspot.com.br/2009/06/mulher-e-igreja.html

A MULHER E A IGREJA

   “A língua da mulher não cala, nem mesmo depois de cortada” S.Gregório
“A mulher é a arma do diabo” Santo António
“Sem a intervenção da mulher nunca o Diabo levaria os homens de vencida” Santo António
“A mulher é o isco venenoso de que se serve o Diabo para se apoderar das nossas almas” S. Cipriano
“A mulher é o dardo agudo do Demónio que por ela venceu Adão, fazendo-lhe perder o Paraíso” S.Bernardo
“A mulher tem o veneno de uma áspide e a malícia de um dragão” S. Gregório
“De todas as bestas ferozes nenhuma é mais perigosa que a mulher” S. João Crisóstomo
“A mulher é uma ténia furiosa que tem sede no coração do homem” S. João Damasceno
“É um problema saber se as mulheres ressuscitarão no seu sexo. Seria de recear que nos induzíssemos à tentação diante do próprio Deus” Santo Agostinho
“O homem não foi tirado da mulher mas a mulher do homem” S. Paulo, 1ª corintos XI-7
“Não permito que a mulher ensine” S. Timót. 1ª II-11
“Nem ensine nem cante nas igrejas o que seria torpeza” Corint.1ª XIV-35
“Nem tenha a cabeça descoberta, porque não só a voz mas também os cabelos da mulher são coisas indecentes” S. Paulo
“Digo que bom seria a um homem nunca tocar mulher alguma”
Paulo Corint. I VII-1 e 26
“A mulher cujos lábios são como o favo que destila o mel, mas o seu fim é amargo como o absinto, talhante como a espada de dois gumes, os passos dela penetram até ao inferno e aquele que chegar a ela nunca mais fica limpo” Salomão

O capitulo X da sessão 25 do Concílio de Trento, não confia às mulheres nem mesmo a santa eucaristia.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

(Spamcheck Enabled)